BEBIDAS

Lembranças para brindar e tomar todo dia

Para relaxar em casa após um dia de trabalho ou deixar a happy hour mais animada, o consumidor sabe bem quais suas marcas preferidas de cerveja e vinho. Neste ano, o 20º JC Recall de Marcas premia a Skol e o Quinta do Morgado como as mais lembradas pelos pernambucanos, cada uma em sua categoria de bebida alcoólica. Para as empresas, a fórmula do sucesso passa por investimentos em tecnologia, criatividade para driblar a crise econômica e rigor com a qualidade do produto.

“A Skol é uma cerveja de espírito jovem, inquieto, leve e que surpreende o consumidor. Quebramos padrões e nos abrimos ao novo. Em todas as nossas campanhas, buscamos ativar a marca de acordo com o que é relevante para a cultura local”, defende o gerente de comunicação regional da Ambev, Felipe Bratfisch. Entre as estratégias de marketing da cervejaria estão a vinculação de peças publicitárias na televisão, rádio, jornal impresso e mídias digitais. Durante o Carnaval, a Skol promoveu uma ação com um maracatu aéreo no Marco Zero, Recife Antigo, para se aproximar mais ainda do pernambucano.

Toda a publicidade, claro, se realiza pautada em responsabilidade social. “Beber é um ato de celebração, mas vale lembrar que não incentivamos, por exemplo, o consumo em excesso, muito menos vender cerveja para menores de 18 anos, e temos deixado isto claro em nossas ações publicitárias”, aponta Bratfisch. A atual campanha da marca tem como mote o “Tá junto, tá redondo”, em que são demonstrados comportamentos quadrados, que afastam, e os redondos, que unem as pessoas.

E como o investimento em marketing por si não seria capaz de driblar a crise, a cerveja decidiu apostar, desde o ano passado, em embalagens retornáveis – consequentemente mais baratas – para manter o consumidor fiel. “Só em 2016, a venda de cervejas da Ambev nessas embalagens cresceu 64% nos supermercados. Hoje, uma em cada quatro garrafas comercializadas pela cervejaria em supermercados, já é retornável”, defende o gerente de comunicação regional da cervejaria. O lançamento de novos produtos foi outra estratégia. Em 2017, chegaram ao mercado novas bebidas da família Skol Beats (Senses, Spirit e Secret).

Por falar em lançamentos, quem termina 2017 cheio de novidades é uma vinícola familiar de Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul, com mais de 60 anos de atividade e produção anual na casa dos 46 milhões de litros por ano. Estamos falando do vinho nacional mais querido pelos pernambucanos, o Quinta do Morgado. Entre os destaques lançados no mercado neste ano estão o Espumante Rosé Quinta do Morgado e o vinho Tannat suave.

O maior investimento da Quinta para atrair o consumidor, de acordo com a própria marca, não está em outdoors, canais de televisão, outbus ou outros recursos do gênero. “Nosso maior marketing é a taça”, crava o gerente comercial do Nordeste, Fabrício Navarro. “Utilizamos a uva bordô, uma das melhores e mais caras do mercado, para fabricar o vinho. No fim, temos um produto de qualidade com excelente custo-benefício”, completa.

A tecnologia de ponta utilizada na fábrica também merece destaque. “Investimos muito em tecnologia e, sem dúvida, temos a vinícola mais moderna, com tudo computadorizado. Quanto mais carinho, mais higiene e mais cuidado, melhor o produto final”, finaliza Navarro.

Pretinho querido

Quando o assunto é um café quentinho, a marca mais lembrada pelos consumidores é a Santa Clara, do Grupo 3corações. Líder nas regiões Norte e Nordeste, o pretinho da empresa tem Pernambuco como seu principal mercado, com 54,5% de participação no Recife.

“Estamos sempre trazendo novidades. Para anunciar nosso último lançamento, o Santa Clara Reserva da Família, fizemos uma campanha com um plano de comunicação 360 graus, incluindo TV aberta, plataformas digitais e mídia externa. O novo filme transporta o consumidor para o mundo dos cafés especiais, mostrando de forma poética o universo das fazendas que dão origem às safras mais nobres do Brasil”, revela o gerente regional do Nordeste, Newton Henrique. Os produtos fazem parte de uma linha de cafés especiais vindos das principais regiões produtoras do Brasil em quatro versões: Mogiana Paulista, Cerrado Mineiro, Sul de Minas e Orgânico.

Outra aposta da Santa Clara para fidelizar ainda mais o consumidor são as cafeterias. “A Santa Clara cafeteria surgiu com o intuito de que as pessoas redescubram a experiência do café. Trazemos um produto diferenciado e diversos métodos de preparo com um cardápio de comidas típicas”, pontua Henrique. Atualmente, são três unidades localizadas no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, em Fortaleza e Natal.

Expediente

29 de Novembro de 2017

Diretor Comercial

Vladimir Melo

Produção de Conteúdo

JC360

Edição

Fernando Carvalho

Textos

Mia Comunicação

Front-end

Bruno de Carvalho

Projeto Gráfico

Karla Tenório
George Oliveira

Imagens

Divulgação

Tratamento de imagens

Alexandre Lopes